Quais os benefícios da erva-gateira para os gatos?

Ingerir erva gateira é um comportamento instintivo característico de todos os gatos, que preserva a saúde e o bem-estar destes animais.
Quando os gatos andam ao ar livre, normalmente têm ao seu dispor erva gateira que cresce naturalmente na terra. Porém, gatos caseiros já não têm a mesma possibilidade e, por isso, nós donos de gatos devemos permitir que eles tenham acesso a estas ervas, semeando-as num vaso lá em casa.

Quais os benefícios da erva gateira?

1 – Ajuda na digestão

O alto teor em fibra da erva gateira ajuda a digerir melhor os alimentos e a regular o trânsito intestinal. Funciona também como um detox natural.

2 – Em alguns casos induz o vómito

Na natureza, os gatos ingerem erva gateira depois de terem comido as suas presas. Em muitos casos, a erva faz com que o gato vomite. Isto ajuda o gato a expulsar as partes mais indigestas das suas presas.

3 – Auxilia a digerir/expulsar as bolas de pêlo

Os gatos passam grande parte do seu dia a lavar-se. Isto faz com que ingiram pêlos e resíduos que, quando acumulados no sistema digestivo, formam as bolas de pêlo. A erva gateira ajuda a digeri-las ou a expulsá-las (vomitando-as). Assim, uma ingestão frequente de erva-gateira auxilia na prevenção do acumulo destas bolas de pêlo no estômago/intestinos.

4 – Contém micronutrientes importantes

É rica em ácido fólico que ajuda na produção de hemoglobina, melhorando assim a oxigenação dos tecidos. Também contém clorofila que, antes da descoberta dos antibióticos, funcionava para tratar infeções, anemia, etc;

5 – Evita que ingiram outras plantas

Muitos gatos gostam de comer plantas, o que, por vezes, pode tornar-se perigoso pois existem numerosas plantas que não são recomendadas a gatos por serem indegestas ou até venenosas. Para além disso, se gosta de ter vasos bonitos não convém haver gatos a estragá-los. Assim, ter um vaso em casa com erva-gateira é fundamental para impedi-los de atacar outras plantas.

Fazer crescer erva-gateira dentro de casa é uma tarefa super fácil e é uma excelente opção para satisfazer as necessidades do seu animal de estimação.

Como semear erva para gatos:

1. Escolha um vaso da sua preferência;
2. Coloque terra;
3. Espalhe as sementes + substrato;
4. Cubra com cerca de 3 cm de terra;
5. Mantenha a terra sempre húmida (nunca encharcada);

A erva gateira irá começar a brutar cerca de 4/5 dias depois.
Nesta altura pode regar com menor frequência mas nunca deixe a terra secar completamente. As plantas irão estar prontas para o seu gato cerca de duas semanas depois.

Não use adubos nem pesticidas pois podem ser tóxicos para gatos.

Quer comprar erva-gateira pronta a ser semeada? Clique aqui.

7 comentários em “Quais os benefícios da erva-gateira para os gatos?

  1. Carlos Jorge Rodrigues Marques comentou:

    Já plantei e já pus à disposição dos gatos. A Minha dúvida é a frequência com que devo dá-la e se precisam de sol exposto para se desenvolverem.

    • Gataria comentou:

      Olá Carlos.

      Os gatos podem ter sempre acesso à erva-gateira. Vão ingeri-la quando sentirem necessidade. Eles sabem bem gerir isso.
      Esta planta deve sim apanhar sol diariamente mas sem exagero pois pode secar. Em dias de muito calor convém colocar o vaso à sombra.

      Qualquer dúvida não hesite em contactar.

      • Carlos Jorge Rodrigues Marques comentou:

        Muito obrigado, só mais uma questão: uma vez que lhes estou a dar a erva gateira diariamente posso deixar de dar o malte que creio ser para o mesmo fim?

        • Gataria comentou:

          Sim a erva-gateira é muito boa para ajudar a digerir as bolas de pêlo. Pode experimentar deixar de dar o malte aos poucos e ir observando como eles reagem. Em princípio a erva-gateira vai dar bem conta do recado sozinha.

  2. Carlos Marques comentou:

    Bom dia, hoje a minha questão é a seguinte: comprei erva gateira e germinou eles adoram. Posso também germinar trigo? Obrigado, cumprimentos.
    Carlos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.