Como fazer a transição de uma areia tradicional para uma areia de “tofu”

A areia de “tofu” tem um formato e textura muito diferente das areias tradicionais de grão fino e redondo e, por isso, é perfeitamente normal alguns gatos estranharem. 

Alguns gatos adaptam-se logo a este tipo de areia, bastando para tal substituir a areia antiga pela nova (na caixa que estão habituados a usar). Mas caso opte por este método repentino aconselhamos a vigiar se o seu gato usa a areia pois alguns vão necessitar de uma mudança mais gradual

Para uma transição mais gradual e uma adaptação garantida e livre de stress recomendamos um destes dois métodos:

  1. Manter uma caixa com a areia antiga e outra caixa com a areia nova. Quando os gatos já estiverem completamente adaptados à areia nova poderá retirar a areia antiga.
  2. Fazer uma mistura da areia antiga com a areia nova (na mesma caixa). Nos primeiros dias esta mistura deverá ter muito mais areia antiga do que nova. E, à medida que os dias passam, acrescente mais areia nova. Muito gradualmente.

Ambas as técnicas costumam resultar muito bem, mas a segunda, para gatos mais “difíceis”, será mais eficaz.

Conheça a areia Pure Cat…

Por sabermos a dificuldade que há em encontrar uma boa areia aglomerante cuja eficácia se mantenha ao longo de todo o seu uso, a Gataria® desenvolveu a PureCat, uma areia ultra-aglomerante.

Para além do seu forte poder aglomerante, a Pure Cat conta com outras características que a tornam uma areia premium: 

  • O formato comprido e fino não se agarra facilmente às patinhas dos gatos e por isso não vai sujar tanto o chão.
  • Não faz pó (sendo ideal para gatos e tutores mais sensíveis).
  • Neutraliza de forma eficaz os maus odores.
  • Tem uma alta durabilidade.

Conheça as 3 versões disponíveis aqui:

-10%
O preço original era: 14,49€.O preço atual é: 12,99€.
-10%
O preço original era: 14,49€.O preço atual é: 12,99€.
-10%
O preço original era: 14,49€.O preço atual é: 12,99€.

Leia aqui dicas de como aumentar a eficácia e durabilidade de uma areia aglomerante.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *