O sentido da audição ao pormenor – características, cuidados a ter e surdez nos gatos

A audição dos gatos é um dos 5 sentidos presentes nestes animais e, juntamente com o olfato, é o mais apurado.

Este poderoso sentido auditivo presente nos nossos pequenos felinos, ajuda-os a identificar o tipo e o tamanho da presa que emite um determinado ruído, tornando-os predadores fantásticos. Esta particularidade é especialmente importante em gatos selvagens, que dependem da caça para sobreviver.

Quais as principais características que tornam o sentido da audição nos gatos tão poderoso?

É possível reconhecer características nestes animais, que contribuem para um sentido auditivo impressionante:

1 – Orelhinhas movediças

As adoráveis orelhinhas, que observamos a movimentar-se, constituem o pavilhão auditivo ou pinna, que capta as ondas sonoras dirigindo-as para o interior do ouvido.

Ambas conseguem girar 180 graus, de forma independente uma da outra, auxiliadas, cada uma, por 32 músculos (já o seu amigo humano possui apenas 6). Todas estas possibilidades de meneios permitem ao gato focar-se na origem do som e localizá-lo de forma precisa.

2 – Incrível alcance auditivo

Os nossos pequenos felinos têm uma capacidade exímia de discernir sons de uma amplitude enorme.

Em relação aos sons de baixa frequência (sons graves), os humanos conseguem ouvir a partir dos 20 Hz, os cães a partir dos 67 Hz e os gatos a partir dos 55 Hz. Se olharmos para esta ilustração, percebemos que são limites bastante próximos.

Mas os limites da deteção dos sons de alta frequência (sons agudos) é bastante diferente:
Nos humanos: até 20 000 Hz;
Nos cães: até 45 000 Hz;
Nos gatos: até 79 000 Hz.

Cuidados para proteger e preservar a audição nos gatos

1 – Devo limpar as orelhas do meu gato?

Os compridos pêlos localizados à entrada das orelhas dos gatos ajudam a impedir a entrada de impurezas. Por outro lado, os canais auditivos destes animais têm um mecanismo de autolimpeza e, por isso, em situações normais, não precisarão da ajuda dos seus humanos para manter os ouvidos limpos. Na verdade, tentar limpar as orelhas de um gato pode originar alguns problemas.

No entanto, em situações de infeção, feridas ou outros problemas, o seu veterinário pode prescrever uma rotina de limpeza.

2 – Evitar expô-los a ruídos altos

A reação negativa do seu gato a barulhos excessivos é um ato instintivo de autoproteção. Evitar submeter o seu felino a ruídos muito altos é essencial para preservar a saúde dos ouvidos. Com certeza já reparou que, por vezes, quando recebe convidados lá em casa e naturalmente o barulho se instala, o seu gato tende a esconder-se. Este comportamento é perfeitamente normal, uma vez que os gatos preferem locais calmos e com pouco ruído. 

A surdez nos gatos

A surdez pode ser classificada como congénita (presente no nascimento) ou adquirida (ao longo da vida).

1 – Surdez congénita

Um gato que já nasça surdo pode levar uma vida bastante normal e feliz, pois ele irá automaticamente usar os seus outros sentidos para receber informações e comunicar.

Alguns dados estatísticos:
Gatos brancos têm maior probabilidade de nascerem surdos do que gatos de outras cores;
Gatos brancos com pais brancos têm maior probabilidade de serem surdos em uma ou ambas as orelhas;
Gatos brancos com ambos os olhos azuis têm maior probabilidade de serem surdos do que gatos brancos com um só olho azul, e ambos têm maior probabilidade de serem surdos do que gatos brancos sem olhos azuis.

2 – Surdez adquirida

Estes animais também podem perder total ou parcialmente a audição ao longo da vida, como resultado de doenças, infeções, traumas, ou degeneração do ouvido por velhice ou não. Visitas regulares ao veterinário no sentido de diagnosticar problemas nos ouvidos em fases iniciais são extremamente importantes.

Agora que já percebemos que a audição dos gatos é um dos imensos elementos que tornam estes seres tão extraordinários e admiráveis, resta-nos ajudá-los a preservar este órgão para garantir a continuação de uma vida com qualidade e feliz.

Ficou alguma questão? Deixe-nos um comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.