8 dicas para prolongar a vida de um gato.

Moramos com os nossos felinos anos e anos. Na verdade, eles fazem parte da nossa família. Quando estamos fora de casa temos saudades deles, quando estamos em casa andamos sempre a ver onde eles estão. Afeiçoamo-nos com tanta espontaneidade e eles merecem isso. Obviamente, nós donos de animais, queremos prolongar a vida deles, com saúde e bem-estar acima de tudo. Por isso, a Gataria deixa aqui algumas dicas muito importantes para garantir a melhor qualidade de vida ao seu gato:

1 – Mantê-lo dentro de casa

Às vezes pensamos que os gatos seriam mais felizes se vivessem ao ar livre. Pois bem, isto poderia ser verdade SE e SÓ SE o mundo não fosse como é, ou seja, se não existissem os perigos que existem (carros principalmente). Contudo, os gatos que nasceram dentro de casa, não conhecem esse “ar-livre”, portanto não ficam tristes por permanecerem toda a sua vida dentro de casa, desde que consigamos promover-lhes um ambiente divertido, estimulante e anti-aborrecimento.

2 – Ambiente visualmente estimulante

Os gatos ADORAM estar à janela, principalmente por dois motivos:
(1) Aquecerem-se com o sol que bate no vidro;
(2) Enriquecer visualmente o seu campo de visão com o mundo lá fora (é como se estivessem a ver televisão, em direto). Isto irá manter um gato entretido e mentalmente estimulado. Um gato estimulado é um gato feliz.

Cama PerfectView. Compre aqui.

3 – Ambiente fisicamente estimulante

Quando não estão a descansar, a comer ou a lavar-se, estes felinos brincam e muito. Gatos idosos (principalmente castrados) tendem a brincar menos sobretudo se não forem estimulados para tal. Por isso, é muito importante dedicar todos os dias um bocadinho do seu tempo para brincar com o seu felino. Isto irá exercitá-lo e aumentar o nível de proximidade entre si o seu gato. Existem diversos tipos de brinquedos que pode escolher.

4 – Alimentação com qualidade

Uma alimentação equilibrada e de qualidade é um factor extremamente importante para preservar a saúde de um gato. Aprender a ler os rótulos das rações é algo que todos os donos deveriam fazer. Sempre que possível, opte por rações que não contenham subprodutos animais, corantes (rações coloridas normalmente não são uma boa opção), conservantes e outros aditivos artificiais. Dar acesso aos nossos gatos a erva gateira também é essencial. Leia aqui as vantagens.

5 – Controlar o peso

Alguns gatos, principalmente quando estão entediados, tendem a comer demasiado. Comece a regular a quantidade de comida de acordo com as instruções da embalagem da ração. Gatos com excesso de peso têm muito mais probabilidade de vir a ter outro tipo de doenças no futuro. Lembre-se que, tal como nós humanos, o segredo para uma vida saudável passa por uma boa alimentação e exercício físico regular.

6 – Água sempre fresca

Manter um gato bem hidratado é extremamente importante para mantê-lo saudável. Se o seu gato tem o hábito de beber da torneira, então está na altura de lhe oferecer uma fonte para que possa ter sempre acesso a água fresca e saborosa. Leia aqui as diversas vantagens na utilização das fontes elétricas.

Lembre-se: gatos que bebem pouca água têm uma grande probabilidade de vir a contrair doenças no trato renal/urinário. Isto significa infelicidade para o gato e despesas grandes no veterinário.

Fonte ede água GreenHealth. Comprar aqui.

7 – Proporcionar elementos catfriendly

Cama para aplicar na parede. Comprar aqui.

Elementos catfriendly são aqueles objetos que aproximam um gato da sua natureza (caçar presas, trepar árvores, esconder de eventuais predadores, beber água corrente em rios e riachos, etc). Arranhadores, brinquedos, locais altos, fontes de água, esconderijos são alguns exemplos destes elementos.

Leia aqui o artigo completo sobre como tornar a sua casa catfriendly.

8 – Manter um ambiente higiénico

Os gatos são considerados dos animais mais limpos. Um gato saudável pode gastar até 50% do tempo em que está acordado a lavar-se. Manter a caixa de areia sempre limpa é muito importante pois, se um gato achar que já está na altura da areia ser trocada, ele não vai querer urinar nesse sítio e, das duas uma: ou faz noutro local ou aguenta tanto que pode contrair uma infeção urinária ou outros problemas mais graves.

Leia aqui algumas dicas para ajudar um gato a manter-se mais limpo.

E, por último, mas não menos importante: Se notar algum comportamento estranho no seu gato deve consultar um veterinário. Só um especialista vai ajudar a perceber se existe algum problema.

Tem mais alguma dica que gostava de partilhar connosco? Deixe-nos um comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.